Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \29\UTC 2009

na última quinta, 26 de março, depois de um longo e tenebroso verão, a confraria do texugo finalmente se reuniu para degustar vinhos tintos. o tema foi syrah/shiraz. bebemos , como sempre , quatro vinhos. apenas o australiano era 100% varietal.
os texugos são degustadores estranhos. cheio de idiossincrasias. há os que não gostam de vinho branco e os que adoram porto. há convidados de alto nível que mandam um bleargh para vinhos que são unanimidades. são enfim, algo malucos e emocionais. em outro post talvez eu faça um perfil dos confrades.
as degustações são às cegas e tenta-se adivinhar quais são os vinhos. para finalizar votamos as preferências. um dos objetivos é se divertir e descobrir grandes vinhos numa faixa de preços ao alcance de pessoas normais. mas vamos ao vinhos, colocados na ordem de preferência. a curiosidade foi a rara preferência pelo mais barato e a última colocação para o francês, o mais caro. note-se que a tipicidade do côte-rotie , na minha opinião, o coloca em desvantagem numa degustação com vinhos mais modernos e potentes. independente de qualqer coisa são grandes vinhos. abrimos um callia magna syrah, excelente vinho para o consumo diário, ao final para acompanhar o final dos petiscos e pudemos ver o quanto estava abaixo dos outros.

montes alpha syrah 2005, vale apalta, chile, (92WS). muito escuro, frutas vermelhas, baunilha, couro, tabaco, floral.R$84montesalphasyr

quinta do monte d’oiro 2004, alenquer, estremadura, portugal. púrpura, muito frutado, chocolate, fresco e equilibrado na boca. R$252md_49750_13eb7ab6ce1ed22f3f5b4eb15e250ed9

penfolds bin 28 2004, kalimna. austrália (90RP).cor densa, herbáceo, rico em aromas de coco, tabaco e lenha verde. frutado na boca, grande corpo e estrutura R$127
penfolds_kalimna_04

côte-rotie les becasses 2004, (90RP) cor púrpura /rubiáceo, bem translúcido, herbáceo, leve, elegante, equilibrado R$263images

Read Full Post »

nem estou aí para a reforma ortográfica. o cara é bom e hj tem show dele.
meia-noite no zé presidente.
rua cardeal arcoverde 1545, pinheiros, são paulo, sp.
tel 28948546
é um aquecimento para o lançamento do cd duplo “no chão sem o chão” que tem participações de lulina, nina becker, andré mehmari, curumin e euzinho ( no cavaco…) entre outros.
não vacile. vá!convite-ze-presidente1

Read Full Post »

não estou bebendo esta semana. então o assunto é música.
ontem fiquei batendo um papo com o mano brown, lá no estúdio. e o assunto foi futebol. conicidentemente, hj esbarrei neste vídeo de um programa que eu nunca vi, com uma entrevista que reúne o brown e o paulo cesar caju. dois sobreviventes e heróis brasileiros. deu saudade do amigo sabotagem. vai aí.

Read Full Post »

78984658014841
para quem escuta o dia inteiro que o cd morreu foi um prazer receber , em mãos, do pupilo, grande baterista do nação zumbi, o disco Frevo do Mundo (Candeeiro Records), que traz o tradicional ritmo pernambucano com novas texturas e interpretações de João Donato, Céu, Siba, Edu Lobo, Cordel do Fogo Encantado e maestro Spok, entre outros artistas. o disquinho traz temas clássicos de Nelson Ferreira, Capiba, Luiz Bandeira e outros grandes compositores do gênero. mas fujindo do óbvio tipo Vassourinhas. me lembro de estar no marco zero , em recife na festa dos cem anos do frevo e fiquei impressionado com a força do gênero. uma massa gigantesca cantando melodias e ritmos lindos e complexos. aqui no cd as coisas são mais experimentais mas não deixam de lado o espírito do frevo tradicional. Céu e o grupo 3 na Massa, composto por Rica Amabis (Instituto), Pupillo e Dengue (Nação Zumbi), modernizam o frevo-de-bloco Frevo de Saudade. e a gente acaba descobrindo insuspeitados sotaques no frevo, como ska, bolero, e até um inusitado flamenco meio tex-mex ( este último na faixa com o cordel do fogo encantado).
A única música inédita é do Mundo Livre S/A, uma marcha de duplo sentido (Metendo Antraz). pontos altíssimos são Isquenta Muié (Nelson Ferreira), com a banda recifense Flor de Cactus e a criativa Orquestra da Bomba do Hemetério com o contagiante frevo-de-rua Cabelo de Fogo um show de metais, coral e percussão de boca.

Faixas:

01. Eddie – É de fazer chorar
02. João Donato – Fogão
03. Céu e 3 na Massa – Frevo da saudade
04. Mundo Livre S/A – Metendo antraz
05. Orquestra Imperial – O dia vem raiando
06. China e Sunga Trio – Oh, bela!
07. Ortinho – Só presta quente
08. Siba e a Fuloresta – Os melhores dias de minha vida
09. Cordel do Fogo Encantado – Saudade
10. Isaar de França – Paraquedista
11. Flor de cactus – Inquenta muié
12. Edu Lobo – Recife (frevo n.1)
13. Erasto Vasconcelos – Papel crepon
14. Orquestra Popular da Bomba do Hemetério – Cabelo de fogo

já é um fortíssimo candidato para melhor cd do ano.
eu, se fosse vc, compraria. a arte tb é bem bonita.
mas se vc acha que o cd morreu…
azar seu…
baixa…

DOWNLOAD
http://rapidshare.com/files/88610405/frevodomundo.rar

Read Full Post »

mazaron tempranillo 2005.

mazaron tempranillo 2005.

na última sexta-feira 13, para decepção dos supersticiosos, tudo saiu bem certinho na degustação da vinci ( na anterior faltou luz a tarde toda!).
gosto do formato deles para apresentar novos vinhos.
umas poucas mesas com as garrafas, pouca gente (recepcionados pela simpatia da sofia e da raquel) e no total uns 25 vinhos. uma quantidade que pode ser avaliada sem sacrifícios. dá para se concentrar e ter prazer.
entre os destaques dois excelentes “custo-benefício” e cinco vinhos para quem quer e pode gastar um pouquinho mais.

La vendimia 2006, rioja, tempranillo U$29,50. do enólogo alvaro palacios, tem nariz potente, ótimo corpo taninos arredondados e bem frutado na boca.

château sainte marie 2006, bordeaux tinto U$34,90
um achado para a faixa de preço. cultivado organicamente tem cor mais clara, tem corpo médio, é equilibrado, frutado e razoavelmente persistente.

gewurztraminer 2006, léon beyer, alsácia francesa U$59,90. delicioso , com aroma fantástico, muito fresco e seco e o caráter varietal bem evidente.

grevey-chambertin les crais 2006 U$108 aqui a pinot noir alcança aquele estágio de quase te levar por uns momentos até a borgonha. com 12,5% de álcool apenas, tem ótima estrutura, aroma elegante e sutil, uma boca fantástica e boa persistência. parece caro mas fazer o quê? a vida é assim!

venta mazaron tempranillo 2005, toro U$59,90. este tinto da viñas del cenit ( mesmo produtor do la vendimia citado acima) tem um nariz muito rico (frutas vermelhas, floral, chocolate, caramelo, tabaco, fumaça) e como todo bom tinto espanhol é muito macio e longo. dos melhores da degustação.

baccarossa 2005, lazio, montepulciano e merlot U$79,50. cor bem escura, aroma elegante e no palato traz um quê de novidade e originalidade. muito bom.

château la bernisse sauternes U$39,90. um sauternes com o precinho bem legal! anos-luz à frente dos late harvest do novo mundo na mesma faixa de preço. muito equilibrado entre o doce e o ácido. untuoso e divertido. cadê meu blue cheese????!

Read Full Post »

na próxima terça, dia 17, os irlandeses, aquele povo alegre e sortudo ( remember the luck of the irish…) comemora o dia do seu santo padroeiro. a briga religiosa já trouxe tanta tristeza para eles que o mínimo que se espera é que o tal santo traga muita alegria na sua festa. e para irlandeses alegria é uma palavra que começa com B: BEER!
ok talvez comece com A de álcool…
mas o caso é que 17 de março é o dia internacional de ser ir aos irish pubs.
como não estamos nem na irlanda e nem em NY acho que não tem uma parada de são patrício com as pessoas todas bêbadas e pintadas de verde. mas mesmo assim tem umas festas boas.
aqui em sp o finnegan’s festeja há tempos tb o escritos james joyce neste dia. não sem razão.
o mulligan, filial do pub gaúcho, tb parece que arma uma festa bacana. com muita bebida e muita música. o mais um gole e mais um som não poderia deixar de conferir. mas como blogar tb é cultura aqui tem uma aulinha de são patrício para vcs. depois eu falo das cervejas que vou beber.
saludos.

Read Full Post »

a jamaica é a terra da lendária cerveja red stripe.
mas a bebida imortalizada na música foi o vinho tinto. apesar do calor caribenho!
mais um único comentário: ê dilícia de som!

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: