Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \09\UTC 2015

                                                                    image002

Tem quem não leve o vinho branco muito à sério. Inocentes! Diga isto na Borgonha. Ou na Alsácia. Alguns dos mais deliciosos vinhos do mundo são brancos. Mas por outro lado o apelo à leveza e diversão é indiscutível em uma grande maioria deles. Em geral, com as óbvias excessões, são vinhos feitos para o consumo dentro de um ou dois anos. Com estrutura mais simples. Passando este prazo tendem a perder frescor e acidez. Alguns resistem mais e até evoluem. Mas na média, guardar vinho branco é arriscar beber algo em declínio.

Não é tão comum encontrá-los em quantidade nas cartas de restaurantes. Menos ainda as meia-garrafas. Por conta disso é festejo o ótimo design desta novidade trazida pela Mistral: o vinho Nano, o mais recente lançamento da vinícola neozelandesa Sileni Estates.

 O conteúdo já era conhecido do público brasileiro: o delicioso Cellar Selection Sauvignon Blanc de Sileni (US$ 10.90). Mas embalado em uma garrafinha pet de última geração – MLP PET (multi-layer pet) – com um copo ‘clip-on’ acoplado, que se encaixa na parte superior da garrafa. Uma belezinha.

Ótima opção para servir ao ar livre, na balada, em piscinas, piqueniques, festas. O volume, de 187ml, é uma dose exata e voce nem precisa de copo. Como escrito acima o design já resolveu este problema. Só não dá pra tirar da mochila e beber direto pois não está geladinho. Mas a tecnologia logo vai cuidar disso. O produtor afirma que a embalagem é 100% reciclável. A conferir. Eu “reciclei” a minha guardando junto com o squeeze que levo para a academia. Mania de quem guarda embalagens interessantes e garrafas de grandes vinhos. Sei que não estou sozinho nessa.

Anúncios

Read Full Post »

IMG_6146_2

Sou um ferrenho defensor das degustações às cegas. É o melhor antídoto para o preconceito e a melhor forma de um degustador manter a humildade..

O resultado do Top 5 da edição carioca do Encontro de Vinhos, evento itinerante organizado pelos blogueiro Beto Duarte e Daniel Perches, foi mais uma prova desta tese.

Numa amostra de 54 rótulos que estarão presentes no evento, o vinho mais votado foi o surpreendente Leopoldo 2007, um brasileiro de Santa Catarina, abaixo de R$50, batendo argentinos, portugueses, eslovenos, italianos, franceses, etc.

Ainda em terceiro lugar ficou o Guatambu Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon 2013, da região da Campanha Gaúcha. O ranking foi completado com o 2º Lugar, Pera Grave 2007 do  Alentejo, 4º Lugar, Norton Reserva Malbec 2011 e 5º Lugar, Norton Privado 2011.

Vinhos do Top 5.

Vinhos do Top 5.

Há ainda um grande preconceito contra o vinho brasileiro e resultados como este servem para abalar algumas certezas do mundo do vinho. Não é a primeira vez que vejo vinho nacional bater ícones do novo e do velho mundo. Mas um vinho nesta faixa de preço é uma agradável surpresa.

Quem estiver pelo Rio poderá prová-lo e mais 300 rótulos de 40 expositores.

Serviço:

Encontro de Vinhos 2015| Rio de Janeiro
Data: 05/03 (quinta-feira)
Local: Clube Fluminense – http://www.fluminense.com.br

Rua Álvaro Chaves, 41

Horário: das 14h as 22h

Ingressos: R$ 80,00 na porta, R$70 para compra antecipada.
Condições especiais: Meia entrada para estudantes e terceira idade
Associados do clube pagam meia que será revertido em compras.

Convênio com o 99Taxis que dá um desconto de R$15

Site do evento: www.encontrodevinhos.com.br

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: