Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘bar astor’

contei com a simpatia do ricardo garrido e a boa vontade do netinho, barman do astor e testei um berliner wasser.
substituímos o licor chambord, de framboesa, por um marie brizard de morango. o chopp entra antes na receita. depois a club soda gelada e por fim as gotinhas de licor. a untuosidade do licor não permite que o drink se transforme num “chopp aguado” . muito bom para o verão. um pouco doce para meu paladar. mas aviso: moças, peçam para seu barman. vcs vão adorar!

Anúncios

Read Full Post »

fernet-branca11fernetbrancacoladrinkgcaríssimos,

nesta sexta-feira ensolarada de outono não resisti ao convite de meu amigo ike para um almoço no bom e velho leôncio ( Rua Girassol, 284 Tel: 3812-7309 ). normalmente ataco de bife ancho e um bom tinto argentino. mas ao chegar a mesa já degustavam norteñas e marisqueiras. foi impossível romper o ciclo! bela turma reunida ( hugo prata, jadi e depois o texugo danilo moraes)…
como sempre o antonio executou anchos primorosos na grelha. mas o assunto aqui são os “finalmentes”!
depois de muito meditar decidimos qual seria o drink perfeito para o pós churrasco. e meu voto acabou sendo preponderante.
a dúvida é como batizá-lo. na verdade venho pedindo e explicando o preparo, nem sempre com sucesso, há anos. alguns bares já me servem corretamente. casos do astor, do jacaré e do próprio leôncio. mas eu sempre pensei que a ideia fosse algo comum pelo resto do mundo e raro apenas por aqui. mas acho que não é bem assim. um parênteses: ainda hj é uma delícia pedir um fernet branca para o garçon e escutar “só tem preta”!!!!…
fernet na verdade é um outro nome para bitter ou amaro. ou para nós : amargo.
há grandes fernets no brasil. recomendo o da dubar e o dierva. baratíssimos e excelentes. raros de achar, é verdade…
são ótimos como digestivos ou para acompanhar um chopp. aprendi isso com meu pai. dizia ele que era um programa dos anos 50 “descer para santos e tomar chopp com fernet”…
já fernet branca, para quem não sabe, é uma marca dos “fratelli branca”( irmãos branca) de milão. mas a bebida é escura. quase preta. daí a confusão. é uma verdadeira bebida nacional na argentina ( apesar de ser italiana. ou por isso mesmo…).
ao que eu saiba é fabricada apenas na itália e na argentina.
voltando ao drink. procurei pela internet e não achei o meu drink preferido. resolvi então batalhar por ele.
falta-me decidir seu nome.
fernet frapé ou fernet raspadinha?
explico: o da foto acima é um “on the rocks”. portanto completamente diferente. somente quem tem na memória gastronômica/sentimental uma raspadinha que seja de groselha ou de sei lá qual sabor saberia a diferença.
o gelo deve ser atacado , esmagado, raspado, batido. não pode ter pedaços maiores que um cm e não pode ser aguado.
a bebida deixa de ser tão agressiva aos paladares mais sensíveis mas mantem a força que os mais resistentes querem. isso tudo com a refrescante sensação de algo que lembra ervas e não é doce e enjoativo.
bem , para mim é raspadinha. mas para o mercado internacional acho que frápé pega bem tb, não?

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: